Home Editorias Geral Homem é condenado por estupro após furar preservativo antes do sexo
fullinterna_3
fullinterna_1
fullinterna_3

Homem é condenado por estupro após furar preservativo antes do sexo


| Fonte:
Homem é condenado por estupro após furar preservativo antes do sexo
Ilustrativa

Um homem foi condenado por estupro na última sexta-feira (2) por furar preservativos antes de uma relação sexual. O maquinista Andrew Lewis, de 47 anos, pode ficar até quatro anos preso na cidade de Worcester, no Reino Unido.

A vítima denunciou Lewis em março de 2018. A mulher encontrou na lixeira o preservativo furado usado por ele e descobriu alfinetes e mais camisinhas danificadas na mesa de cabeceira do maquinista.

A princípio, Lewis negou as acusações, mas acabou reconhecendo o erro no tribunal. A defesa argumentou que ele acreditava que essa era uma forma de “melhorar a intimidade” na hora do sexo.

Durante o julgamento, o juiz Nicholas Cole disse que o acusado teve sorte de não ter engravidado a vítima, pois poderia ser condenado a uma pena muito maior. O magistrado destacou que a mulher enganada deixou claro que não queria um filho e só consentiu a relação sexual com base no fato de que Lewis usaria preservativo.

— Foi uma quebra de confiança. O delito de estupro é tão grave que a pena de prisão é apropriada — destacou Cole.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here