Home Editorias Mato Grosso Corpo encontrado no rio Cuiabá é de idoso acusado de estuprar aluna
fullinterna_3
fullinterna_1
fullinterna_3

Corpo encontrado no rio Cuiabá é de idoso acusado de estuprar aluna


| Fonte:
idoso

O homem, identificado como Erli Delmar Essi, de 72 anos, que foi encontrado morto boiando no Rio Cuiabá, no final da tarde de terça-feira (16), na ponte Sérgio Motta, na Capital, foi acusado de estupro vulnerável no dia 4 de setembro. A vítima é uma menina de 11 anos, que era aluna de Erli, que dava aula de música.

O corpo do idoso foi encontrado com vários ferimentos no rosto, e duas pedras amarradas nele, uma no pescoço e outra na perna. A intenção era que o corpo não boiasse.

A Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) foi acionada por volta das 15h30. Populares encontraram o corpo de Erli e ligaram para o Ciosp.

A DHPP investiga se a morte do idoso está relacionada com a acusação de estupro.

Crime sexual

O professor foi denunciado no início do mês, pela mãe da vítima. A criança contou para mãe que durante a aula ela teria sofrido abuso e violência sexual. Imediatamente a mulher chamou a polícia.

No dia dos fatos, os militares foram até a casa de Erli e não o encontraram. O caso foi registrado na Central de Flagrantes de Várzea Grande e está sob investigação.

megafullhome_meio

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here