Home Editorias Geral Projeto que aborda tratamento de chorume em aterro sanitário é aprovado na...
fullinterna_3
fullinterna_1
fullinterna_3

Projeto que aborda tratamento de chorume em aterro sanitário é aprovado na ALMT


| Fonte:
chorume
Deputado estadual Faissal Calil (PV)

Aprovado na sessão plenária desta quarta-feira (9) na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) o Projeto de Lei nº 710/2020 que trata sobre o tratamento do lixiviado em aterro sanitário.
A matéria é de autoria do deputado estadual Faissal Calil (PV) e teve o parecer da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR). Agora o PL segue para a sanção do governador Mauro Mendes.
A proposta dispõe sobre o chorume ou lixiviado que é um líquido escuro gerado pela degradação dos resíduos em aterros sanitários.
“Esse é um projeto que visa melhorar a nossa qualidade de vida. A gente sabe que a falta de saneamento básico acaba matando em cerca de 15 mil pessoas por ano são 350 mil internações hospitalares a cada 1 real investido em saneamento nós economizamos R$ 4,00 em saúde. A proposta obriga a todos os aterros sanitários a tratar o chorume aquele que acaba adentrando e contaminando o lençol freático. Em todas cidades de Mato Grosso faço questão de visitar os lixões. Infelizmente, não temos uma política e costume de tratar o nosso lixo corretamente. Então, a proposta obriga a todos a tratarem adequadamente o chorume”, discursou na tribuna Faissal.
Segundo o parlamentar, que tem inúmeras ações voltadas para proteção do meio ambiente na Casa de Leis, há três diferentes fontes: da umidade natural do lixo aumentando no período chuvoso; da água de constituição da matéria orgânica que escorre durante o processo de decomposição; das bactérias existentes no lixo que expelem enzimas, enzimas essas que dissolvem a matéria orgânica com formação de líquido.
“Agradeço a todos os nobres parlamentares desta Casa de Leis pela aprovação do projeto. O tratamento de chorume é uma medida de proteção ambiental de manutenção da estabilidade do aterro e uma forma de garantir uma melhor qualidade de vida para a população local”, concluiu

megafullhome_meio

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here