Home Editorias Geral Inovador, colchão promete proteção contra a Covid-19 por até três anos
fullinterna_3
fullinterna_1
fullinterna_3

Inovador, colchão promete proteção contra a Covid-19 por até três anos


| Fonte: Metrópoles

A Serta Simmons Bedding, grande fornecedora de colchões para os setores hospitalar e hoteleiro, uniu forças ao líder em inovação têxtil HeiQ Group para criar o primeiro colchão antiviral da América do Norte. A expectativa é de que a invenção potencialize os esforços contra a Covid-19, uma vez que o vírus transmissor dessa doença pode ficar alojado em tradicionais tecidos de colchões por dias, apresentando risco à saúde.

“Sabemos que nossos parceiros dos setores hospitalar e hoteleiro estão fazendo tudo o que podem para ajudar a proporcionar um ambiente mais limpo e tranquilizar as pessoas”, disse o presidente e CEO da Serta Simmons Bedding, David Swift, em comunicado à imprensa. “Os colchões antivirais e antibacterianos serão um grande trunfo nesse esforço”, emendou.

As camas inovadoras, ainda em fase de testes, possuem a tecnologia HeiQ ViroBlock™, aprovada pela Diretiva Europeia de Dispositivos Médicos para uso antiviral em equipamentos de proteção individual da área da saúde, como máscara faciais equivalentes a N95.  A invenção, no entanto, espera aprovação do FDA, o equivalente à Anvisa dos Estados Unidos.

A Aimbridge Hospitality, dono de um amplo portfólio de hotéis nos EUA e no Caribe, incluindo as marcas Aloft e Hyatt Place, já manifestou interesse no colchão inteligente, assim como várias outras companhias globais.

Como funciona?

As partículas e bactérias do vírus são invisíveis ao olho humano (o SARS-CoV-2 tem apenas 90 nanômetros de largura) e passam facilmente por tecidos, permanecendo infecciosas por dias. A inovação HeiQ Viroblock resolve esse problema usando a tecnologia de micro-prata, que atrai partículas de vírus, combinada a outra tecnologia, que quebra a membrana viral em segundos. Testes realizados no Instituto Peter Doherty para Infecção e Imunidade mostraram que as amostras de vírus causadoras de Covid-19 concentradas em tecidos tratados com HeiQ Viroblock foram reduzidas em 99,99%.

Os testes de envelhecimento ainda concluíram que os tecidos trabalhados com Viroblock mantinham suas características antivirais por três anos e qualidades antibacterianas por até duas décadas.

Segundo a Forbes, quem quiser ter a própria cama high-tech em casa poderá realizar esse desejo. Elas também estarão disponíveis para compra com esse tipo de uso.

megafullhome_meio

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here